Comitê Científico da ANPEd se reuniu nesta sexta (9) no Rio de Janeiro como etapa da avaliação de trabalhos da 38ª Reunião Nacional

Reportagem e imagens: Camilla Shaw

Nesta sexta-feira, dia 9 de junho de 2017, aconteceu a Reunião do Comitê Científico da ANPEd, na PUC-RJ. Representantes dos GTs e diretoria da ANPEd se encontraram para debater a avaliação dos trabalhos selecionados e encaminhamentos para a 38ª Reunião Nacional, que será realizada entre o dia 1º e 5 de Outubro em São Luís do Maranhão (MA).

Diretoria da ANPEd durante reunião. (direita para esquerda) Geovana Mendonça Lunardi Mendes (UDESC), Vice-Presidente Sul , Andréa Gouveia (UFPR), Presidente, Mário Luiz Neves de Azevedo (UEM), Diretor Financeiro, Paulo Carrano (UFF), 1º Secretário.

 

Andréa Gouveia, presidente da ANPEd, abriu o encontro e informou que a expectativa é de um bom espaço para a realização da 38ª Reunião. Durante a reunião os GTs se organizaram em subáreas, a partir da familiaridade temática, para organizar os próximos passos das avaliações dos trabalhos.

“Essas reuniões são, no meu entendimento, como que a alma da ANPEd”, diz Lilian do Valle (UERJ), coordenadora do Comitê Científico, sobre as reuniões nacionais da ANPEd. Para ela é nesse momento, em que os associados estão reunidos, que é possível fortalecer a associação e levar seus posicionamentos para a política brasileira. “É uma reunião muito importante porque é o lugar também onde se renovam os associados. A pessoa vem, chega, vem apresentando o trabalho, conhece as pessoas de outros estados e é assim que a gente constrói o que é o corpo da ANPEd. E a avaliação é muito importante, porque é ela quem vai dar, em um primeiro momento, a cara da ANPEd”, afirma.

O resultado da avaliação dos trabalhos será divulgada no dia 14 de junho. O período para envio de recursos pelos autores de trabalhos não aprovados será entre os dias 14 e 16 de junho.Trabalhos recusados por quebra de anonimato não têm direito a recurso.

Clique aqui e confira mais fotos da Reunião! 

 

Entenda como funciona o Comitê Científico e a avaliação dos trabalhos

Cada GT indica um titular para compor o Comitê Científico, e este é responsável pela avaliação dos trabalhos. Caso a demanda em um determinado GT seja alta, pode-se, então, convocar um ou dois suplentes para auxiliar na tarefa.

Na primeira fase todo trabalho é avaliado por um representante do Grupo de Trabalho e por um representante do CC, de dentro da subárea da qual o GT faça parte, para garantir uma avaliação externa.

A segunda fase consolida o parecer final dos trabalhos e, caso haja discrepância entre a avaliação do representante do GT e do Comitê Científico, isto é, se um avaliador aceitou o trabalho e o outro não, também se realiza a avaliação final e o parecer do mesmo.  

 

 

 

Leia Também

Institucional

Institucional