Nota de apoio à professora Marlene de Fáveri - Contra a Escola da Mordaça

NOTA DE APOIO À PROFESSORA MARLENE DE FÁVERI - Contra a Escola da Amordaçada 

A Diretoria da ANPEd vem a público expressar sua preocupação e indignação diante da perseguição que vem atingindo professores e professoras de escolas públicas e particulares, notadamente das áreas de Ciências Humanas e Sociais, decorrente da doutrinação produzida pelo grupo que se intitula  “Escola sem Partido”. Entre os casos, destacamos o da professora Marlene de Fáveri, da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, acusada por ex-aluna de fazer “doutrinação  ideológica”  durante as aulas na disciplina de História e Relações de Gênero, por abordar questões de gênero, feminismo e discursos religiosos.

A professora está sendo processada pela referida ex-aluna, que se inscreveu no seu curso e que se diz constrangida, como cristã e anti-feminista, pela matéria apresentada e discutida nas aulas. Esse caso evidencia a perseguição de grupo ideológico conservador que pretende impedir que os professores e as professoras  abordem em suas classes quaisquer temas que considerem contrários à ideologia que defendem; e os acusa  exatamente de fazerem propaganda ideológica.

O que procuram nos impor é uma escola amordaçada, sem espaço para o debate, a controvérsia e o pensamento crítico. A professora em questão é reconhecida por seus pares pela excelência de seu trabalho de pesquisa e pela seriedade com que se dedica à docência. Vem sofrendo retaliações por abordar em um curso conteúdo pertinente à própria temática da ementa da disciplina, o que configura um contrassenso absoluto. O cerceamento da liberdade de pensamento é inaceitável em qualquer espaço educacional, mais grave ainda quando este cerceamento nega a própria natureza da pós-graduação no campo das humanidades onde a possibilidade de avanço no conhecimento só pode ser fazer pelo debate amplo e livre.

Declaramos nossa solidariedade à professora e demais colegas que estejam vivendo situação semelhante. Dizemos não à Escola da Mordaça por defendermos uma escola crítica e democrática, em que o conhecimento se produza por meio do diálogo, do respeito às diferenças e da liberdade de expressão.

Diretoria da ANPEd

Leia Também

Educação

Posicionamentos da ANPEd

Educação

Posicionamentos da ANPEd

Posicionamentos da ANPEd

Educação

Posicionamentos da ANPEd

Educação

Educação

Posicionamentos da ANPEd

Posicionamentos da ANPEd

Educação

Posicionamentos da ANPEd