ANPEd realiza nesta segunda (30) mesa-redonda na 72ª SBPC sobre comunicação na Educação

A ANPEd promove na próxima segunda (30), às 10h, Mesa Redonda na programação virtual da 72ª Reunião Anual da SBPC. O tema "Educação Comunica: Pesquisa, Divulgação e Educação Básica" será abordado por Luciano Mendes (UFMG), coordenador do projeto Pensar a Educação, Pensar o Brasil, Renato Noguera (UFRJ),  coordenador o Grupo de Pesquisa Afroperspectivas, Saberes e Infâncias (Afrosin), e Sergio Stoco (Unifesp), presidente do Centro de Estudos Educação e Sociedade (CEDES). A coordenação e mediação será feita pela presidente da ANPEd, Geovana Lunardi (Udesc).

 

No dia 18 de novembro foi lançada oficialmente a A Rede Comunica Educação. Formada por 14 sociedades científicas e entidades acadêmicas e de classe da educação, a iniciativa se propõe a sistematizar e ampliar estratégias de comunicação com a sociedade, fomentando a articulação política de frentes e fóruns em defesa da educação pública. Sua primeira contribuição ao debate público sobre educação é o documento 10 Princípios em defesa da educação pública nas eleições de 2020, lançado previamente às votações do primeiro turno.

Esta será a segunda Mesa Redonda da ANPEd na SBPC 2020. A primeira foi realizada no dia 04 de novembro com o tema "Docência e Formação: retrocessos legais, avançõs conservadores". 

Sobre os convidados

Luciano Mendes

É professor Titular da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, onde coordena o Projeto Pensar a Educação, Pensar o Brasil - 1822/2022, iniciativa desenvolvida em rede por mais de uma dezenas de instituições universitárias do Brasil. Desde agosto de 2019 é, também, Secretário Regional da SBPC Minas. Foi Coordenador do Fórum de Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas (FCHSSA. Foi membro do CA-Educação/CNPq (2007-2010) e participou da Comissão de Assessoramento Ténico Científico (CATC/CNPq) (2008-2009). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em História da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: história da educação; história da infância; cultura escolar; história da escolarização; intelectuais e educação no Brasil; pensamento social brasileiro e educação.

Renato Noguera

Renato Noguera é Professor do Departamento de Educação e Sociedade (DES), do Programa de Pós-Graduação em Filosofia, do Programa de Pós-Graduação em Educação, Contextos Contemporâneos e Demandas Populares (PPGEduc) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Pesquisador do Laboratório de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (Leafro). Noguera coordena o Grupo de Pesquisa Afroperspectivas, Saberes e Infâncias (Afrosin), doutor em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Noguera está envolvido com os projetos de pesquisa: O que as crianças pensam sobre a escola: imagens, palavras e infâncias na Educação Infantil e no Ensino Fundamental, e Modernidade na perspectiva da Crítica da Razão Negra; coordena o projeto de Extensão Brinquedoteca Pedagoginga. Noguera também é autor, roteirista e dramaturgo infantil

Sergio Stoco

Presidente do Centro de Estudos Educação (Cedes). É Graduado em Economia e mestre e doutor em Educação pela Unicamp. Foi consultor da Secretaria Nacional de Direitos Humanos (projeto Sistema Nacional de Indicadores de Direitos Humanos). É, atualmente, professor de Políticas Públicas na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Membro do Núcleo de Estudos Intercampi de Políticas Públicas (NEIPP) da Unifesp e da Rede Escola Pública e Universidade (REPU). Atualmente coordena a pesquisa "Desempenho escolar e vulnerabilidade social: Fatores intervenientes na formulação de políticas públicas educacionais", financiada pelo CNPq, Edital Universal 2016. Tem interesse social e acadêmico nos temas: políticas públicas educacionais; desigualdades; direitos humanos e indicadores educacionais.

 

Leia Também