Abertura da ANPEd Sul 2016 reforça a resistência contra o desmonte na Educação

* reportagem: Ana Carolina Caldas / ANPEd Sul

* fotos: João Marcos Veiga / ANPEd Nacional

Mais de mil participantes lotaram o Teatro da Reitoria da Universidade Federal do Paraná, local que sedia a XI Reunião da Anped Sul, que se inciou na noite de domingo 24 e vai até quarta feira dia 27 de julho. Serão 22 eixos temáticos, mais de 60 lançamentos de livros, mesas, debates e documentários. A Anped Sul que acontece neste ano em Curitiba, homenageia o poeta curitibano Paulo Leminski. Para abrir a cerimônia de abertura estiveram presentes a cantora Estrela Leminski, filha do poeta, acompanhada do músico Teo Ruiz, cantando músicas com composições de Leminski. E, também uma apresentação da Orquestra de Cordas de Curitiba.

As autoridades que compuseram a mesa de abertura reforçaram a importância do evento no momento atual do país. Ao abrir oficialmente a reunião, a Professora Dra Monica Ribeiro da Silva, uma das coordenadoras da XI Reunião Anual da Anped SUl, ao dar as boas vindas a todos participantes destacou que o tema EDUCAÇÃO MOVIMENTOS SOCIAIS E POLITICAS GOVERNAMENTAIS, apesar de ter sido escolhido em 2014, é de extrema importância para a atual conjuntura. Afirmou que “organizar e realizar um evento com mais de mil pessoas voltadas para educação, neste momento que o país passa, é sim um ato de resistência.” Na mesma linha, a Professora Dra Marilia Torales Campos, também coordenadora desta reunião, reforçou que “apesar do momento complexo vivido, estarmos juntos é intensamento rico e que possamos vivenciar intensamente este momento.”

Ao falar sobre a definição do tema, a Professora Dra. Silvia Meletti, que é Presidente do Fórum Sul de Coordenadores de Programas de Pós Graduação da Região Sul, destacou sobre o quanto não imaginavam a situação crítica em que a ANPED 2016 se realizaria. “Vivemos um dos momentos mais críticos da educação brasileira e quero aqui destacar que o Paraná é um dos estados mais afetados, com um desmonte de políticas públicas que necessita enfrentamento urgente daqueles que pensam a educação.”

 

 

Ex aluna e professora da UFPR, a Presidente da ANPED Nacional, Professora Dra Andrea Barbosa Gouveia, expressou sua alegria ao abrir esta reunião no lugar que iniciou sua vida acadêmica e destacou a importância da realização das reuniões regionais, que vem conseguindo importantes articulações em nível nacional, no que se refere principalmente ao enfrentamento de um período difícil para o ensino superior. Reforçou conquistas importantes que o campo da educação atingiu nas últimas décadas e que hoje, estão em risco. Andrea lamentou a situação da deposição de uma presidente democraticamente eleita e as medidas contrárias de desmonte da educação por parte do governo interino. Medidas estas como a inviabilização de recursos para a educação via PEC 241-2016, mudanças de forma anti democrática no Conselho Nacional da Educação e projetos de leis como o “Escola sem Partido” que revelam uma conjuntura de real preocupação e necessidade de união. “Espero assim que este evento somado a nossa luta cotidiana faça com que sigamos defendendo a educação pública,” finalizou a presidente da ANPED.

Da mesma forma e reforçando a necessidade de resistência frente ao momento atual, a diretora do Setor de Educação da UFPR, Prof. Dra Andréa Caldas, relembrou que lutas como a elaboração do Plano Nacional da Educação e o PIB a 10% já não eram lutas ganhas. “Tivemos uma árdua batalha frente aos governos passados para conquistar 10% do PIB para Educação. Depois, mesmo após a efetivação do PNE, ainda avaliamos metas não cumpridas. E não imaginávamos que viríamos a enfrentar momentos ainda mais difíceis, quando vemos agudizar ainda mais as perdas para a educação”, afirmou Andréa Caldas. “O que é preciso estar alerta é sobre o discurso da falta de dinheiro que escamoteia na verdade o abrir para o mercado o acesso aos serviços públicos. Não há falta de dinheiro, de recursos, mas há sim falta prioridade para uma definição de políticas públicas”, finalizou.

Ainda fizeram o uso da palavra a Secretária Municipal de Educação, Roberlayne de Oliveira Borges Roballo e a representante da Secretaria Estadual de Educação, Fabiana Cristina Campos. Roberlayne, também professora da UFPR e ex aluna de pós graduação desta mesma instituição, enfatizou a importância dos debates realizados na ANPED, em especial, quando voltam-se para trazer mudanças para a escola básica. Elencou dois itens que considera fundamentais para os debates:a educação como direito e a educação como política pública. Já a Superintendente da Secretaria Estadual de Educação, afirmou que a pesquisa aliada a realidade são essenciais para mudanças efetivas na escola pública.

A sessão de abertura oficial da Anped Sul foi encerrada pelo Reitor da Universidade Federal do Paraná, Prof Dr Zaki Akel Sobrinho, que agradeceu a presença de todos, enfatizou sobre a importância da realização de um evento deste porte e expressou o sentimento de esperança: ” Vivemos bons momentos e de avanço no ensino superior. Com programas importantes, expansão dos cursos de licenciatura , políticas de cotas, internacionalização e expansão da pós graduação. Ao me deparar com este teatro lotado hoje me sinto com esperanças, que não vamos permitir que todos estes avanços sejam jogados fora. Os tempos são difíceis, mas juntos somos fortes!”

Fizeram também parte da mesa de abertura, o Coordenador da Área de Educação da CAPES, Professor Dr Romualdo Luiz Portela de Oliveira, o Pro reitor de Pesquisa e Pós Graduação da UFPT, Professor Dr Edilson Sergio Silveira, a Vice Presidente da ANDES Nacional, Professora Dra Geovana Mendonça Lunardi Mendes, o Coordenador Nacional do FORPRED, Professor Dr José Gonçalves Gondra, a Vice Coordenadora da Região Sul do Fórum de Editores de Periódicos da Área de Educação, Professora Dra Marilda Pasqual Schneider, a Professora Elisa Dalla Bona, coordenadora do programa de Pós Graduação em Educação: Teoria e Prática de Ensino, a Professora Dra Maria Rita de Assis César, Coordenadora do Programa de Pós Graduação em Educação e a Sra Sandra Mara Maciel deLima, representante do Fórum de Secretários de Programas de Pós Graduação em Educação.

Leia Também