Diretoria "ANPEd, Presente!" toma posse após celebração de 40 anos do ProPEd/UERJ

Reportagem, fotos e vídeo: Camilla Shaw

 

Diretoria "ANPEd, presente!" e Conselho Fiscal 

 

A diretoria "ANPEd, presente!" tomou posse nesta quinta-feira (5) para o biênio 2019-2021. O evento aconteceu na Capela Ecumênica da UERJ, após alegre e emocionante celebração de 40 anos do programa de pós-graduação em educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

Em discurso de posse, a nova presidenta, Geovana Lunardi (UDESC), relembrou decisão importante durante criação da Associação, que determinou a representção não apenas de programas de pós-graduação, mas também de pesquisadores, salientando a memória da ANPEd como uma escola. Nesse sentido, Lunardi entregou a Homenagem Paulo Freire a Andréa Gouveia (UFPR) pelas duas diretorias anteriores dirigidas, agradecendo à ex-presidenta e colegas de chapa, que a apoiaram para assumir a função de presidente em tempos de ataque a educação. Maria Luiza Süssekind, nova primeira-secretária, apresentou à assembleia a proposta da gestão "ANPEd, presente!" para os próximos anos no sentido da defesa da resistência e luta por uma educação democrática, contra processos de censura nas escolas e universidades. 

Andréa Gouveia (UFPR) e Geovana Lunardi (UDESC)

Andréa Gouveia, em balanço sobre a gestão que se encerra, afirmou que "a ANPEd sai mais forte" pela existência de uma rede de solidariedade entre associados e entidades científicas, como FNPE e SBPC, entre outras, em defesa do direito ao acesso a uma educação de qualidade, lutando por uma sociedade mais igualitária.

Estiveram presentes associados e representantes de entidades de educação, que saudaram e agradeceram à gestão que se encerra e transmitiram palavras de força e esperança para a diretoria que assume a Associação pelos dois próximos anos. 

Há dois anos a UERJ igualmente abria suas portas para a cerimônia de posse de diretoria e conselho fiscal da ANPEd, desta vez em momento que também celebram-se os 40 anos do ProPEd, importante programa de educação com relevância e reconhecimento nacional, construiu um evento intenso com presença de estudantes, docentes, técnicos e autoridades da universidade.

Nilda Alves, ex presidente da Associação e professora da UERJ, afirma que relacionar esses dois eventos é extremamente importante, pois tanto a ANPEd quanto o ProPEd "se formaram no mesmo sentido, atuar na pós-graduação, desenvolver pesquisas sempre relacionadas com as necessidades populares e com as necessidades de todos", afirmou. A pesquisadora acrescentou que em tempos de crise é fundamental não apenas resistir, mas criar, para não recuarmos.

Nesse sentido, a gestão da ANPEd "Resistência Criativa" se encerra e a gestão "ANPEd, presente!" se constrói não como uma continuação, mas aproveita o legado da resistência sempre criativa e se estrutura como espaço de criação. 

José Gondra, professor da UERJ, reforça que é necessário manter viva a defesa pela ciência e educação pública como estratégia necessária para uma sociedade mais igualitária. "Me parece que esse é um caminho importante para criarmos formas para existir diante dos ataques novos que estão sendo dirigidos às universidades públicas, à inteligência. E que do meu ponto de vista exige de todos nós uma resposta organizada para que a gente de continuidade a esse projeto da universiadade publica que amplia o número de vagas". O pesquisador lembra que nos anos 1960 apenas 1% da população brasileira tinha acesso a educação superior, recentemente esse número se expandiu para quase 20%, mas ressalta que esse número não é suficiente. 

 

 

Renovando energias para os próximos anos, a cerimônia de 40 anos do ProPEd/UERJ se encerrou em festa ao som forte e resistente do samba enredo da Mangueira, vencedor do carnaval de 2019: Histórias Para Ninar Gente Grande, que relembra a vereadora Marielle Franco, assassinada em março 2018.

 

Leia Também

Institucional

Educação

Institucional

Institucional

Educação

Institucional

Institucional