"Diga-me por que" | Nota de solidariedade às vítimas do massacre de Suzano

Em janeiro de 1979, foi registrado o primeiro assassinato em massa em uma escola nos Estados Unidos da América. O mundo, chocado, tornou hit uma música que repetia a frase dita pela atiradora Brenda Ann Spencer de 16 anos ao explicar o motivo de assassinar os colegas: “eu não curto segundas”. Hoje, 40 anos depois, lamentamos a morte de educadores e jovens na Escola Estadual Raul Brasil em Suzano, São Paulo, sem ainda conseguir responder o porquê. Como fenômeno social complexo, transnacional, estudos apontam para múltiplas causas ligadas à banalização da violência, às condições precárias de funcionamento das escolas, ao acesso facilitado a armas, a condições de isolamento, solidão e expectativa de fracasso características da vida das pessoas no mundo atual, e tantas causas mais. Para nós, professores e pesquisadores, mais que apurar fatos e biografias é hora de valorizar a solidariedade, a humanidade e as comunidades escolares investindo cada vez mais nas pesquisas sobre educação.

[1] I don’t like Mondays. Boomtown Rats, banda de Bob Geldof, 1979.

Leia Também

Posicionamentos da ANPEd

Educação

Posicionamentos da ANPEd

Educação

Editais

Institucional

Educação

Institucional

Educação

Institucional

Institucional